Sábado, 22 de Março de 2008
Escola de Hotelaria e Turismo de Lamego
O Núcleo Escolar de Lamego (NEL) foi criado em 2000 ao abrigo de um protocolo de colaboração entre a Câmara Municipal de Lamego, a região de Turismo do Douro Sul e a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Norte.
Em 2006/2007, mudou-se para as novas instalações na Quinta de S. Carlos, passando a denominar-se Escola de Hotelaria e Turismo de Lamego (EHTL).
 
A EHTL é composta por 3 edifícios, o primeiro onde funciona a escola, o segundo onde funciona o internato e ainda um outro denominado Casa do Embaixador, onde funcionará um Hotel de Aplicação e Restaurante.
É um dos maiores investimentos concretizados no concelho de Lamego e o maior na área da formação.
Actualmente a escola tem a seu cargo cerca de 140 alunos, repartidos por 3 cursos( Hotelaria e Turismo, Restaurante/Bar e Cozinha).
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
           

Preparar jovens para o exercício das profissões de Empregado de Mesa e de Bar, com competência para efectuar o serviço em estabelecimentos de restauração e bebidas, integrados ou não em unidades hoteleiras.

Duração:

3 anos

Requisitos:

- 9º Ano Escolaridade

- Prova de Aferição

- Entrevista

Certificação:

-  Diploma com equivalência ao 12º Ano

- Certificado de Formação Profissional (nivel III)

- Certificação Profissional para o acesso à profissão de Empregado de Mesa e Barman.

 

Preparar jovens para o exercício das profissões de Cozinheiro, com competência para preparar, confeccionar e apresentar refeições completas em estabelecimentos de restauração e bebidas, integrados ou não em unidades hoteleiras.  

Duração:

3 anos

Requisitos:

- 9º Ano Escolariedade

- Prova de Aferição

- Entrevista

Certificação:

- Diploma com equivalência ao 12º Ano

- Certificado de Formação Profissional (nivel III)

- Certificação Profissional para o acesso à profissão Cozinheiro.

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

Preparar jovens para o exercício das profissões de Recepcionista de Hotel e de Governante de Andares, com competencia para efectuar o serviço de alojamento em estabelecimentos hoteleiros.

Preparar ainda jovens para o exercicio das profissões de Agente de Viagens e Animador Turistico, com competência para trabalhar no sector de Turismo

Duração:

3 anos

Requisitos:

- 9º Ano de Escolariedade

- Prova de Aferição

- Entrevista

Certificação:

-  Diploma com equivalência ao 12º Ano

- Certificado de Formação Profissional (nivel III)

- Certificação Profissional para o acesso à profissão de Agente de Viagens, Recepcionista ou animador Turistico. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Visite o blog: http://ehtlamego.blogs.sapo.pt


Publicado por UrbanPlan às 11:39
Link da Notícia | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar a favoritos
|

Domingo, 4 de Novembro de 2007
Os RANGERS de Lamego
CTOE - Centro de Tropas de Operações Especiais , baseado em Lamego, é uma Unidade do Exército Português com a missão de instrução de tropas em guerra não convencional e Contra-Terrorismo. Até 2006 era conhecido como CIOE - Centro de Instrução de Operações Especiais.
 
 
O CTOE contém o BEOE - Batalhão de Elementos de Operações Especiais , popularmente conhecido como Rangers, que executa missões similares às das Forças Especiais dos Estados Unidos ou dos Britânicos SAS. Algumas dessas missões incluem Patrulhas de Reconhecimento de Longa Distância, raids contra alvos principais, localização de centros de comando e controlo de inimigos, destruição das defesas aéreas e radares inimigos, e resgate de prisioneiros. A unidade pode ser infiltrada por pára-quedas, helicóptero, pequenos barcos, ou a pé.

O CTOE, tem as suas raízes no Regimento de Infantaria 9, foi criado em 16 de Abril de 1960, para formar unidades em operações de contra-guerrilha, operações psicológicas, e monatnismo. Essas unidades de infantaria ligeira tinham o nome de Caçadores Especiais e foram as primeiras unidades no Exército Português a usar uma boina castanha e camofelado.  Eram unidades de elite, altamente motivadas, os seus instructores tiveram cursos em operações de contra-insurgência e contra-guerrilha em França, Argélia, Estados Unidos, Reino Unido, e Espanha. Quando a Guerra Colonial começou, em 1961, estavam preparadas 4 Companhias de Caçadores Especiais em Angola.
 
 
A 4ª Companhia de Caçadores Especiais foi uma da mais activas. Pelo final de 1961, os Caçadores Especiais viram algum do seu treino ser incorporado na instrução do exército regular, e boina castanha e camofelagem extendeu-se a todo o exército. O CTOE permanece, agora com a tarefa de dar cursos a oficiais e a oficiais não-comissionados, e formar tropas Comandos.
 
Em 1980, o CTOE formou as suas próprias unidades de operações: BEOBE. Os BEOE tem uma boina verde e os Caçadores Especiais: O crachá da boina inclui um trompete - o simbolo dos Caçadores Especiais; e a unidade é conhecida como Rangers por causa dos instrutores dos Caçadores Especiais completaram o curso de Ranger e adaptaram as características do seu treino ao Curso de Operações Especiais.

in Portal S.W.A.T. o mundo das forças especiais (http://www.enciclopedia.com.pt/readarticle.php?article_id=405)

tags: ,


Terça-feira, 16 de Outubro de 2007
Apresentação

tags: ,

Publicado por UrbanPlan às 15:49
Link da Notícia | Comentar | Ver comentários (6) | Adicionar a favoritos
|

Informação Adicional
Apoios
Últimas Novidades

Escola de Hotelaria e Tur...

Os RANGERS de Lamego

Apresentação

tags

todas as tags

Arquivo

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Visitados