Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2007
2. Turismo

     O Turismo é por excelência a imagem de marca lamecence. É de louvar o esforço da autarquia (que atravessa uma situação financeira periclitante) na promoção deste; substancialmente na publicidade à festa rainha de Lamego (referimo-nos inevitavelmente à Festa de Nossa Senhora Dos Remédios). Todavia, julgamos que o turismo em Lamego se encontre subaproveitado. É vital ser-se criativo e lucrar com a mesma criatividade alcançada, especialmente quando a cidade possui um potencial colossal por aproveitar.

     O grupo UrbanPlan sugere, à semelhança do verificado em países como a Suiça, a "privatização" de monumentos degradados em perigo de desmorronamento e de eventual dispendiosa recuperação a empresas privadas que reabilitem os centros históricos em questão e os preservem doravante usufruindo destes por via do turismo.

     Esta medida teria como repercussões sadias não somente a reconstrução espacial da temporalidade passada como em uníssono a criacção de postos de trabalho, a rentabilização do turismo, a salvaguarda do património local e o aumento de dividendos para a autarquia.

     A única vicissitude inerente será a obtenção de licenciamento por parte da IPAR.

Como diz o poeta: "O Homem sonha e a Obra nasce".



Publicado por UrbanPlan às 14:53
Link da Notícia | Comentar | Adicionar a favoritos
|

Informação Adicional
Apoios
Últimas Novidades

Cartaz

Lamego vs Régua

Casa de Sto. António

Caves da Raposeira

Escola de Hotelaria e Tur...

Região de Turismo Douro-S...

1.0 Acção Social

ICP 1.0 Acção Social

ICP: 1.0 Acção Social

Intervenção A Curto Prazo

tags

todas as tags

Arquivo

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Visitados